(11) 4544-2443 (11) 4544-4122 contato@contabilidadeetapa.com.br

6 conselhos para se tornar um bom empreendedor ao abrir uma empresa

Preparamos algumas dicas para que você tenha todo o sucesso no mundo do empreendedorismo no momento em que for abrir uma empresa

Para que você se torne um empreendedor de sucesso, precisa primeiramente abrir uma empresa, o que desmistifica a errônea afirmação de que qualquer um pode ser empreendedor, já que para abrir uma empresa há uma dificuldade burocrática relevante que faz uma série de pessoas desistirem antes mesmo de começar.  A democratização do empreendedorismo é boa, mas têm seus custos. O empreendedor despreparado têm maiores chances de se frustar. Então, para que a frase não tenha conotação pejorativa, vale muito mais falar que todos têm condição de empreender ao abrir uma empresa, do que dar uma ideia de que qualquer um tem essa condição.

Sabendo desse primeiro passo e encorajado a tomar posturas de empreendedor ao abrir uma empresa, vamos te apresentar algumas dicas para que você seja um empreendedor de sucesso, sem qualquer tipo de receita mágica, mas através de posturas próprias de trabalho.

1. Fique ligado nos seus hábitos

A questão dos hábitos são bastante relativas, porque passa muito por juízo de valores. Se trouxéssemos aqui alguns hábitos como regra básica para todo e qualquer empreendedor, estaríamos nos contradizendo a fala de que não existe receita de bolo para empreender. Porém, alguns bons hábitos são universais como a pontualidade, o foco no trabalho, a disciplina, o cumprimento de prazos etc. Claro que a lista não para por aí, mas as demais ações passam diretamente pelo universo pessoal do empreendedor. Uma dica de leitura é o best seller “O Poder do Hábito” do repórter investigativo do mais importante jornal do Planeta, o “The New York Times”, Charles Duhhig, no livro ele fala sobre o fato de que um hábito é construído se repetido 21 dias consecutivos, sem pausas ou interrupções em meio ao processo.

2. Esvazie a mente

Viver totalmente para o trabalho, até em momentos de relativo descanso pessoal, é muito prejudicial a saúde. Faça uma avaliação pessoal e veja aquilo que te faz relaxar, seja um esporte, um jogo, um hábito, como ir ao cinema, a praia, ou até mesmo apenas estar com a família. Tire o tempo necessário de sono diário e mantenha o corpo e a mente devidamente descansados.

3. Fique ligado no mercado

É essencial que você não conheça apenas a sua empresa, mas, sim, todo o mercado, ou seja, o perfil dos seus clientes, das empresas concorrentes, e até mesmo o produto ou serviço oferecido, conhecendo tudo o que passa por trás da forma em que ele é ofertado nos dias atuais, tanto nas suas características de produção, quanto na história da sua venda. Quando você abre uma empresa, o seu olhar como empreendedor precisa se expandir, e não o contrário. Utilize-se, então, do  fato de abrir uma empresa como fator para que você amplie os seus horizontes como empreendedor.

4. Valorize a mentoria

Sempre tenha pessoas para te ajudar e sempre esteja atrás de auxílio profissional, seja através de coachs, grupos de mentoria ou até mesmo de amizades relevantes no mundo dos negócios. Valorize os conselhos de pessoas que estão ao seu lado, mas faça uma pasta na sua mente dos conselhos e palavras que vão te crescer por meio de uma observação mais técnica ou mais pessoal.

5. Tenha hábitos saudáveis 

Você precisa estar ligado na sua saúde, física e mental para que você consiga dar conta da sua empresa. Então, é importante que você não se deixe levar por hábitos pouco saudáveis, de comidas rápidas de fast foods e afins. Você precisa estar com a saúde em dia ao abrir a sua empresa, pois não adianta você abrir o seu negócio e acabar com a sua vida.

Além de se alimentar bem, é importante que você faça algum tipo de atividade física periódica e passe por terapia psicológica, para que o seu cérebro não se abale com as adversidades e desafios do cotidiano do empreendedor.

6. Tenha ouvidos atentos

É muito importante que você tenha humildade para saber ouvir todas as pessoas e entender que toda crítica construtiva, independentemente de quem venha, pode gerar um posicionamento e uma postura nova. Mas tenha um filtro para separar as criticas de pessoas especializadas no ramo de negócio da sua empresa e dos feedbacks vindos de percepções avulsas.